Tijolo ecológico – sustentabilidade, economia e modernidade, conheça suas vantagens

O tijolo ecológico chegou para facilitar e acelerar a produtividade de trabalho, contribuir com menores impactos ao meio ambiente e reduzir o orçamento da construção

O tijolo ecológico chegou para facilitar e acelerar a produtividade de trabalho durante a obra, contribuir com menores impactos ao meio ambiente e reduzir o orçamento da construção – além de deixar a obra e a nossa consciência mais limpa.

Conheça as vantagens desse material que surgiu para ficar:

Ecológico

Os tijolos ecológicos são fabricados com cimento, água e solo arenoso, esses materiais são prensados e curados a sombra. Por não ser cozido em forno como os tijolos cerâmicos tradicionais (processo que consome madeira e ainda resulta na emissão de gases poluentes), sendo assim, causando menores impactos ambientais na sua fabricação. O meio ambiente agradece!

Sustentabilidade

Uma das características que o torna sustentável é o tipo de solo utilizado em sua produção: solo arenoso – 70% areia. Esse tipo de solo pode ser retirado em diversas as áreas, inclusive, esse solo é descartado por empresas fabricantes que utilizam a argila como matéria prima. Hoje, graças a produção dos tijolos ecológicos, esse descarte é reaproveitado para a sua produção.

Orçamento

Outra vantagem é a agilidade e a redução orçamentária da obra. Um ponto importante a ser explicado é que o valor unitário do tijolo ecológico é maior do que o tijolo cerâmico, porém, calculando o m2 da alvenaria pronta, o custo reduz significativamente – entre 30% a 40% dependendo da região – comparado ao m2 da alvenaria convencional.

Há redução de outros materiais e velocidade no assentamento, o que diminui também os gastos com mão de obra, além da possibilidade de escolher entre revestimento ou deixa-lo aparente devido a sua estética.

Dica: Caso você decida deixa-lo aparente ( o que nós adoramos), recomendamos investir um pouco mais na decoração, criando uma boa composição entre luz natural e luminárias, mesclando diferentes tipos de materiais como vidro, madeira e aço, e usar a criatividade na escolha dos mobiliários. Agora se a simplicidade é o seu objetivo, você poderá optar entre pintar algumas paredes ou aderir tipos de revestimentos em paredes estratégicas de forma a não criar uma monotonia visual, possibilitando até mesmo a instalação do vinil adesivo, conforme já explicamos tudo no artigo ( clique aqui), o importante é abusar da criatividade aliando bons conceitos e compor o seu estilo!

Qual a função dos furos nos tijolos?

Segundo Osvaldo Kanzler, consultor da empresa fabricante de Máquinas de prensa dos tijolos ecológicos Alroma, devido ao design diferenciado dos tijolos, o assentamento é feito a partir de encaixes, o que permite embutir as colunas de sustentação, facilitando a passagem das instalações elétricas e hidráulicas.

Durante o assentamento, seus furos formam câmaras, o que resulta em barreiras para ruídos, calor e frio intensos, colaborando para o conforto termo acústico da edificação.

A empresa Alroma disponibiliza vários vídeos explicativos em seu site de como deve ser a execução de cada etapa do assentamento, sendo muito útil aos profissionais que desejam aprender a trabalhar com esse novo método construtivo e também aos consumidores. Vale a pena conferir.

Medidas do projeto x modulações dos tijolos

O projeto deve considerar que o tijolo ecológico é uma solução construtiva modular, ou seja, é preciso conhecer as medidas dos tijolos a serem empregados, já que estas serão as medidas utilizadas no cálculo para atingir as dimensões das paredes e suas devidas aberturas, como portas e janelas.

Sendo assim, o projeto deverá ser basear (ou adaptar) de acordo com as medidas dos tijolos, isso garante a execução e o padrão estético do tijolo à vista. Um bom arquiteto saberá adaptar o projeto ao material, mas caso tenha interesse, a empresa Alroma oferece o serviço de adaptação das plantas com as medidas precisas, evitando a sobra ou falta de material, a um valor acessível. Na nossa opinião, vale a pena o investimento para garantir o sucesso do projeto.

Os tijolos podem receber qualquer tipo de revestimento?

Sim, dizem os fabricantes, embora a opção mais comum seja deixa-los aparentes devido a sua estética, lembrando que é necessário sua impermeabilização e a aplicação do rejunte. Já para revestimentos cerâmicos, o assentamento deverá ser feito diretamente sobre os tijolos, com cimento e cola.

Os tijolos ecológicos podem ser utilizados unicamente em edificações de até três andares e, à partir dessa altura, é necessário a utilização de outras estruturas, como aço, pré-moldados, etc.

Ele também pode ser utilizado em ampliações, reformas, aliado a estruturas pré-fabricadas, entre outros.

Site da empresa Alroma para quem quiser maiores informações: www.alroma.com.br

Esperamos que tenham gostado das informações. Em caso de dúvidas, sugestões para novos artigos ou comentários, escreva para nós!

Até o próximo assunto!

Comentários

TAG

Jey Arquitetura